Retrospectiva guiada pelo Board Kanban

img_20161125_231148_processedQuanta informação sobre o Time um Board pode nos fornecer? Muitas! Mas é bem comum os times perderem (ou nunca criarem) esse senso de observação.

Vejo alguns Agile Coaches tentando enfiar na cabeça dos times métricas Kanban sem antes mesmo dos times realmente terem capacidade de entender o que é um Board e os benefícios da gestão visual.

Tirar fotos de cenários específicos e levar para a retrospectiva pode ser uma ótima forma de recuperar o poder de observação e afiar a visão crítica do time no dia a dia.

Mas um ponto importante: você como Coach precisa saber o momento em que o board fornece boas características e disfunções para o aprendizado. Times que tem poucas disfunções no board provavelmente não vão tirar proveito dessa atividade.

Então vamos lá…

Pré requisito:

  • Time com disfunções explícitas no board
  • Foto(s) ao longo da iteração do board

Dinâmica:

  • Levantamento de observações;

Dê um tempo para que o time em silêncio observe o board e anote as disfunções percebidas.

  • Organize as observações;

Organize as obervações agrupando temas e use seu conhecimento de Kanban para traduzir as obervações para o termo correto. Nem sempre o time vai saber explicar corretamente a disfunção e pode escrever coisas aleatórias em que vc precisará traduzir ao agrupar.

  • Abra votação;

Deixe 3 votos para cada membro do time e peça para que eles votem nas mais importantes.

  • Levante os efeitos colaterais EXISTENTES;

Para os tópicos mais votados, levante junto ao time efeitos colaterais dessas disfunções observadas. Tire o chapéu de facilitador e use do poder da mentoria pra ajudar nessa identificação, caso eles não tenham conhecimento o suficiente.
É importante trazer efeitos reais e não possibilidades futuras. Isso ajuda o time a criar desejo pela mudança e a manter o foco no que realmente importa.

  • Identifique os motivos da disfunção;

Guie para que o time identifique os principais motivos para que a disfunção ocorra.

  • Conclusão final;

Baseado nos três itens anteriores (observações, efeitos colaterais e motivos), levante junto ao time novos acordos e evoluções no processo. Nesse momento também é importante você atuar como mentor para que eles consigam ser mais assertivos, caso a disfunção esteja diretamente relacionada ao conhecimento de Kanban.

 

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s