Apresentações e Workshops – Do time, para o time!

Definitivamente aquele antigo quadro de funcionário estagnado, que sabe tudo sobre a empresa, porém deixou de evoluir profissionalmente, está longe dos valores do desenvolvimento ágil.

Quando aceitamos entrar no caminho do desenvolvimento ágil, entendemos de cara que inspecionar e adaptar é obrigatório para obter evolução contínua em um processo empírico. Essa evolução não é baseada apenas no conhecimento gerado pelo processo em questão, ela também é alimentada pela evolução das tecnologias de uma forma geral.

O tempo todo as tecnologias estão mudando para que fique cada vez menos oneroso o trabalho humano. Algumas destas tecnologias estão diretamente ligadas ao nosso trabalho, portanto o simples fato de acompanhar e aplicar sua evolução, já nos agrega muito valor. Outras tecnologias não tem nenhuma conexão direta, porém entender como elas funcionam e evoluem pode nos inspirar a seguir um caminho parecido, o que também acrescenta muito.

Como vemos, a evolução do processo, está não só conectada ao aprendizado gerado pelo próprio processo como também sofre grande influencia de fatores externos. Por este motivo, é fundamental que os integrantes de um time ágil se mantenham em constante movimento.

Acontece que nós sabemos que se manter em movimento e evoluindo SEMPRE é um trabalho difícil. Muitas vezes deixamos com que problemas ou até mesmo conquistas tirem nosso foco. Quando percebemos já estamos parados deixando a correnteza levar. Consequentemente, deixamos de contribuir para a evolução do time e do processo.

Uma forma de ajudar o time a se manter  em movimento, é promover no ambiente de trabalho uma cultura de aprendizagem. Criar um programa de apresentações e workshops internos pode ser o primeiro passo!

O compromisso com os amigos de trabalho, a ideia de ajudar o time, a vontade de evoluir são apenas alguns dos incentivos que servem como combustível para que o time se motive a estudar e preparar apresentações maravilhosas.

Pequenas apresentações sobre idéias novas, resenhas de livros, soluções para problemas existentes, cases de outras equipes, são ótimas sugestões para iniciar. Na continuação, dependendo do feedback e do conteúdo de algumas apresentações, é possível criar workshops para que o time possa participar e evoluir a ideia.

Para que estas apresentações não sejam só um hype e deixem de acontecer de uma hora para outra, é interessante levar algumas dicas em consideração:

– Uma apresentação por vez, assim o time tem tempo de absorver o conteúdo, além de não se tornar algo cansativo.

– Escolha um dia específico e de fácil identificação, como por exemplo: Toda primeira segunda-feira do mês.

– Prepare a apresentação primeiro e agende depois, isso evita frustrações do time no caso de não se concluir o estudo.

– Escolha a periodicidade das apresentações e tente ter pelo menos duas já agendadas. Assim, se alguém cancelar uma apresentação, a segunda pessoa pode cobrir e não se perde o ritmo.

– Após cada apresentação, um feedback dos integrantes do time deve ser feito. Assim estaremos sempre melhorando as apresentações, tornando o conteúdo cada vez mais interessante.

Um abraço e boas idéias!!!!

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s